Envie agora seu recado!

200
caracter(es) restante(s)

Notícias

Pecuaristas são beneficiados pela Inseminação Artificial em Tempo Fixo em Santo Antônio das Missões
09 de fevereiro de 2018 às 13:50
Pecuaristas são beneficiados pela Inseminação Artificial em Tempo Fixo em Santo Antônio das Missões
Foram beneficiadas, nesta etapa, 5 propriedades de pecuaristas (Foto: Divulgação | Emater)

Está em fase de execução, em Santo Antônio das Missões, o quarto ano de desenvolvimento do Projeto Polo em Excelência Genética (PoloGen), iniciativa da Embrapa Pecuária Sul de Bagé, sob coordenação da pesquisadora zootecnista Bruna Pena Sollero, em parceria com a Emater/RS-Ascar e Pecuaristas Familiares.

Na última terça-feira (06/02), através do protocolo de Inseminação Artificial em Tempo Fixo (IATF), foi concluído a inseminação 164 fêmeas, no total, em cinco propriedade de pecuaristas familiares, integrantes da Associação da Pecuária Familiar Missioneira de Santo Antônio das Missões. 

Foram beneficiadas, nesta etapa, as propriedades dos pecuaristas Puranci Barcelos, Edson Barcelos Doné de Oliveira, José Maria Oliveira e André Marks. 

Para o desenvolvimento do projeto, a Embrapa contribui com a coordenação, orientações e fornecimento do sêmen e medicamentos. A Emater/RS-Ascar assume o papel de intermediação entre a pesquisa e a Associação de Pecuaristas Familiares, além de oferecer apoio técnico nas práticas a campo, assim como a Administração Municipal também oferece suporte técnico no trabalho realizado. 

O protocolo é realizado por um médico veterinário e acompanhado pelos técnicos do escritório municipal da Emater/RS-Ascar, os quais realizam as anotações necessárias, para o acompanhamento dos resultados, em uma planilha contendo informações sobre brinco da fêmea, escore corporal, característica racial, data do último parto, idade da fêmea, entre outras observações. 

A escolha pela inseminação artificial em tempo fixo tem como intenção otimizar a utilização do sêmen – proveniente de touros que foram superiores em programas de avaliação genética e nas provas de avaliação a campo (PAC) da Embrapa Pecuária Sul - em um grupo de fêmeas aptas à reprodução. "A iniciativa tende a melhorar a genética do rebanho, além de permitir um melhor controle dos dados do rebanho bovino na propriedade", destaca o técnico da Emater/RS-Ascar, Flávio Augusto Bonato. Em Santo Antônio das Missões foi realizada a inseminação com sêmen das raças Braford e Angus, em função da rusticidade e maior adaptabilidade da produção de carne em campo nativo.

 

Fonte: Emater/Ascar-RS