Envie agora seu recado!

200
caracter(es) restante(s)

Notícias

Policia Civil investiga homicídio em Santo Antônio das Missões

Crime aconteceu por volta das 20h30 de terça-feira, vítima de disparos morreu quando era atendido em São Luiz Gonzaga

03 de outubro de 2018 às 10:39
Policia Civil investiga homicídio em Santo Antônio das Missões
Automóvel da vitima apresenta marcas de tiro na parte traseira e frontal e passa por perícia (Foto: Rogerio Morais)

 A morte de Hidemburgo Guimarães Nunes está sendo investigada pela Policia Civil de Santo Antônio das Missões, nesta manhã testemunhas do crime que ocorreu na noite da terça-feira por volta das 20h30 na Cohab São Jorge estão sendo ouvidas. A vítima foi atingida por disparos de arma de fogo na cabeça e chegou a ser socorrida mas morreu em atendimento médico no hospital de São Luiz Gonzaga por volta das 23h.

 
Os primeiros atendimentos foram prestados pela Brigada Militar e uma equipe de São Luiz Gonzaga auxiliou a guarnição do 3º Pelotão na busca pelos suspeitos que até o momento não foram encontrados e nem se apresentaram.
 
O delegado titular da DP de Santo Antônio Rogerio Junges aguarda o resultado oficial da necropsia para se pronunciar, mas informações extraoficiais indicam que a vítima foi atingida por dois disparos na cabeça. Exames complementares foram solicitados para confirmar se a vítima entrou em luta corporal com os autores, que a princípio seriam dois, o crime não teria ocorrido dentro do veículo mas sim próximo a ele no momento em que a vítima chegava
em casa.
 
Veículo passando por perícia (Foto: Rogerio Morais)
 
Foram montadas diligências para a investigação e solicitada perícias criminalística e papiloscópica no automóvel da vítima, nele podem ser encontradas marcas de tiro no teto na parte frontal e acima da lanterna traseira o que suguere que  os envolvidos se deslocaram ao redor do veículo, a equipe chegou por volta das 10h e está realizando o levantamento pericial.
 
Marcas de disparos são duas, uma no teto na parete frontal e outra sobre a lanterna traseira (Foto: Rogerio Morais)
 
 
 
Delegado se manifestou durante a tarde
 
Rogerio Junges deu entrevista durante a tarde e disse que as investigações já estão avançadas e o trabalho pericial apontou para elementos importantes da circunstância que ocorreu o homicídio. Já foram ouvidas testemunhas importantes que apontam o autor do crime. E embora ainda não tenha acesso ao laudo oficial da necroposia é possivel afirmar através de exame de Raio X que dois projéteis ficaram alojados no corpo da vítima,  e que a ação se deu ao redor do carro.
 
Junges acredita que a investigação seja finalizada em breve e enalteceu o trabalho da Brigada Militar que prestou o primeiro atendimento e preservou elementos importantes para o trabalho da Pericia e da Policia Civil.
  
 
 
 

Por Rogerio Morais

Fonte: Grupo Fronteira Missões