Envie agora seu recado!

200
caracter(es) restante(s)

Notícias

Encontro de Pescadores Profissionais foi realizado no Noroeste gaúcho

Representantes de Garruchos estiveram presentes

06 de outubro de 2018 às 08:23
Encontro de Pescadores Profissionais foi realizado no Noroeste gaúcho
Crédito da foto: Paulo Seimetz
Com uma das maiores produções de peixe de água doce, o Noroeste gaúcho sediou nesta quarta-feira (03/10) uma reunião entre pescadores profissionais artesanais e técnicos de nove municípios. Na pauta do encontro, realizado em Porto Vera Cruz, foram destacados temas voltados à defesa e garantia de direitos e à inclusão social e produtiva desse público.
 
Estiveram reunidos na Câmara de Vereadores de Porto Vera Cruz representantes de Alecrim, Garruchos, Pirapó, Porto Lucena, Porto Vera Cruz, Porto Xavier, São Nicolau e Novo Machado. O grupo foi recepcionado pelo gerente regional da Emater/RS-Ascar, Ademir Renato Nedel, pela coordenadora estadual da Pesca Artesanal, Ana Luiza Spinelli Pinto, e pelo assistente técnico regional Jorge João Lunardi. Também estiveram presentes o prefeito de Porto Vera Cruz, Delfor Barbieri, o vice-prefeito, Flávio Seimetz, e as assistentes técnicas regionais sociais Lisete Primaz e Vanessa Gnoatto.
 
Pela manhã, técnicos das equipes da Emater/RS-Ascar relataram sobre o trabalho desenvolvido em cada município, destacando avanços, entraves, necessidades, abrangência e trabalhos realizados junto às associações, cooperativas e colônias de pescadores. Da mesma forma, pescadores contribuíram destacando o contexto social e de trabalho em que estão inseridos.
 
Entre os destaques da pauta estiveram encaminhamentos feitos a partir do acesso a políticas públicas, entre elas de crédito, para a aquisição de freezers, apetrechos de pesca, embarcações, sede de associações, entre outros. Orientações de registro de carteira profissional, seguro-defesa, seguridade social e organização em associações também foram pontos abordados.
 
A assistente técnica regional social Vanessa Gnoatto explicou sobre a execução de projeto piloto, resultado de parceria entre Emater/RS-Ascar e Agência Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural (Anater), com vistas a contribuir para o fomento à inclusão social e produtiva e melhoria da qualidade de vida de povos e comunidades tradicionais que vivem em situação de extrema pobreza no RS. Na região, 47 pessoas, entre pescadores artesanais e indígenas, de cinco municípios, devem ser beneficiados com recursos do Programa de Fomento às Atividades Produtivas Rurais. 
 
À tarde, a coordenadora da Pesca Artesanal, Ana Luiza Spinelli Pinto, abordou a representatividade da região no Fórum de Gestão da Pesca da Bacia do Rio Uruguai, que possui assento no Conselho Gaúcho de Aquicultura e Pesca Sustentáveis (Conpages). Dois representantes locais foram escolhidos, na oportunidade, com o compromisso de contribuir com discussões sobre a liberação da pesca e o manejo sustentável do dourado no âmbito da bacia do Rio Uruguai.

No município de Porto Vera Cruz, anfitrião do evento, a pesca é uma importante atividade econômica para 34 famílias assistidas pela Emater/RS-Ascar. Na região de Santa Rosa, existem 658 pescadores artesanais profissionais, sendo 228 assistidos pela Instituição. 

Fonte: Assessoria de Imprensa da Emater/RS-Ascar