Envie agora seu recado!

200
caracter(es) restante(s)

Notícias

Santo Antônio das Missões está com alto índice de infestação do mosquito da dengue

Levantamento mostra que RS tem 93 cidades em situação de alerta por infestação do Aedes aegypti

03 de dezembro de 2018 às 09:42
Santo Antônio das Missões está com alto índice de infestação do mosquito da dengue
(Foto: Reprodução | Internet)
Conforme divulgado pelo G1, um evantamento realizado por 305 municípios do Rio Grande do Sul considerados infestados pelo mosquito da dengue apontaram que 93 deles estão em situação de alerta. As cidades são classificadas desta forma quando pelo menos 1% dos imóveis vistoriados apresenta focos de larvas do inseto, que também é transmissor da zika e da chikungunya.
 
Entre os 93 municípios, nove apresentaram situação mais grave, são considerados de alto risco, porque registraram índice superior a 3,9%. Eles estão concentrados no Norte e Noroeste do estado: Ajuricaba, Garruchos, Nonoai, Santo Antônio das Missões, Santo Cristo, São Borja, São Nicolau, Três de Maio e Vista Gaúcha.
Somadas, essas 93 cidades representam uma população de 3,3 milhões de pessoas (ou 29,4% do estado). O quarto Levantamento de Índice Rápido para Aedes aegypti (LIRAa) do ano foi feito em outubro.
 
A Secretaria Estadual da Saúde (SES) explica que a circulação do mosquito aumenta nesta época do ano, durante o verão, por conta da combinação de chuva e temperaturas mais quentes.
 
Com base nos levantamentos, os gestores podem identificar os bairros onde estão concentrados os focos de reprodução do mosquito e o tipo de depósito onde as larvas foram encontradas para planejar ações de combate e controle do Aedes aegypti.
 
182 cidades gaúchas não fazem o LIRAa porque não são consideradas infestadas. Entre as que realizaram o levantamento, 212 apresentaram índice satisfatório. Nove cidades com infestação não apresentaram os resultados do LIRAa.
 
CONFIRA OS INDÍCE DOS MUNICÍPIOS DA REGIÃO:
ALTO RISCO:
Santo Antônio das Missões - 6,8%
São Nicolau - 6,6%
São Borja - 5,0%;
Garruchos - 4,3%;
 
ALERTA:
Bossoroca - 2,6%;
Santo Ângelo - 1,9%;
Pirapó - 1,1%
Rolador - 1,1%;
Santiago - 2,4%;
Dezesseis de Novembro - ­2,1%;
Cerro Largo - 1,4%;
Roque Gonzales - 1,3%;
São Luiz Gonzaga - 1,0%;
 
SATISFATÓRIO:
Itacurubi - 0,8%;
Porto Xavier - 0,4%;
 

Fonte: G1