Envie agora seu recado!

200
caracter(es) restante(s)

Notícias

Liga Feminina de Futsal de Santo Antônio das Missões está sob nova coordenação
13 de março de 2019 às 17:13
Liga Feminina de Futsal de Santo Antônio das Missões está sob nova coordenação
(Foto: Reprodução | Internet)

Vidal Alves, além de técnico da Liga Feminina de Futsal (LFF) time santo-antoniense, agora é o responsável por toda a organização das equipes e em entrevista ao Grupo Fronteira Missões ele conta que assumiu a função porque Rodrigo Barcelos que era o responsável saiu, justificando falta de tempo para cumprir com a responsabilidade, considerando que também está envolvido com o time Sport Clube Gaúcho, time masculino que representa Santo Antônio das Missões nos campeonatos.

Vidal relatou que em reunião realizada no sábado, dia 2, as duas equipes LFF, Sub-16 e livre, concordaram de ele seguir à frente do time como técnico e responsável e assim seguirá o trabalho que vinha desenvolvendo, treinos, escalações e acompanhamento das equipes nos campeonatos, mas, além disso, estará trabalhando no sentido de ajudar as atletas na busca por investidores e colaboradores ao esporte feminino, organização de campeonatos, materiais, uniformes e parcerias para fortalecer as duas equipes da Liga.

O técnico disse que os treinos seguirão o mesmo formato que vinham sendo realizados, nas segundas-feiras, às 20h e nos sábados, das 14h às 16h, bem como, seu trabalho de preparação, inscrição e escalação para os campeonatos, o que pretende mudar, é ter um diálogo mais aproximado com as atletas para compreender melhor as necessidades dos times.

Vidal detalhou que nesta primeira reunião algumas necessidades já foram levantadas, uma delas é a procura por novas atletas e estuda realizar no decorrer das próximas semanas alguma atividade de integração feminina para pesquisar potenciais nomes e interessadas em compor as o quadro de atletas da LFF. Outra urgência são materiais de treinamento e uniformes e assim, pede ajuda a comunidade, caso alguém queira contribuir através de doações podem contatá-lo pelo número (55) 99706-4765.

O responsável ainda destacou que como seu trabalho é voluntário e como ele existem outras pessoas que desenvolvem atividade de incentivo ao esporte dentro do esporte, estará conversando com essas pessoas e profissionais para elaborarem uma estratégia de ampliar a prática do futsal ou de outras modalidades esportivas no município.

Vidal evidenciou que as suas expectativas são positivas junto à Liga e fará o possível para ajudar as atletas, até porque esses são, no momento, os únicos times femininos que representam o município em campeonatos regionais, a exemplo, a Copa União Regional de Futsal Feminino, a qual estão participando. Ele pede que aqueles que tem o interesse em conhecer o trabalho que vem sendo realizado pelo time feminino, visite o Ginásio César Gralik nos dias e horários de treino da LFF, bem como, torçam pelas atletas e contribuam financeiramente, quando possível.

Vidal explica que esse pedido de colaboração financeira é porque as equipes têm custos para estarem participando dos campeonatos, seja em materiais médicos, alimentação ou transporte, e muitas vezes, as meninas acabam pagando “do próprio bolso” para estarem participando dos jogos.

 

Por Jéssica Ourique

Fonte: Grupo Fronteira Missões